COMPORTAMENTO

Persistência ou teimosia?

Você já parou no meio do caminho e se perguntou se valia a pena? Alguma vez se questionou se era por ali mesmo que deveria seguir? E se existirem outros atalhos? Mas, e se não for nada disso?

Ah, a vida. Nesse momento nem sei mais para qual direção eu dou o próximo passo. Há quem diga que é sempre para frente. Mas, será que é?

Tenho pensado em fazer diferente, e dar um passo para traz. Só para enxergar essa coisa toda de longe e ter certeza que não estou deixando passar nada. Será que assim consigo descobrir onde estou errando?

Esse negócio de idealizar a vida, sonhar, ter planos, criar coragem e correr atrás, não está fácil. Você passa boa parte da sua vida preocupada em agradar as pessoas, fazer o que esperam que você faça, se anulando, se esquecendo. Até que um belo dia a coragem toma conta de você, e uma explosão de entusiasmo toma conta de tudo. Agora vai.

Mas, não vai.

Você tira todos aqueles sonhos da gaveta, começa a se dedicar, dar o seu melhor e nada. Absolutamente, nada. Só que agora você está focando em algo que acredita, certo? Está tomando o controle das suas vontades e desejos, se importando menos com o que vão achar de você e acreditando mais em si mesmo. Então, qual o porquê de não ser mais fácil?

Aprende a controlar sua respiração. Afinal, não quer ter outra crise de ansiedade. Passa as noites em claro estudando, criando metas e as executando. Sonha acordada. Sonha dormindo. Sonha e vai atrás. Mas, não dá certo. A coisa toda não sai do lugar, por quê?

Talvez o fato de não dar certo é um jeito que a vida tem de dizer que não é esse o caminho. Ou, que esse sonho não nos cabe. Mas, até quando insistir em um sonho é persistência? E como saber quando essa persistência se torna teimosia?

São muitas perguntas, eu sei. Ainda não consigo responder todas, mas, se você está passando por algo parecido, saiba que não está sozinha.


 Me acompanhe nas redes sociais para não perder nenhuma novidade:

FacebookTwitterInstagramPinterest 

Postagem anterior Próximo Post

14 Comentários

  • Resposta Ramon Pablito 27/04/2017 em 12:54

    A gente costuma atribuir valores diferentes à persistência e à teimosia quando fundamentalmente elas são sinônimos. Talvez seja mais uma questão de resiliência no nosso poço mais profundo.

    • Resposta Ariel Moraes 28/04/2017 em 16:39

      Talvez sim. Talvez não.
      Já não sei bem o que pensar sobre isso.
      Beijos, primo.

  • Resposta Thai Santos 29/04/2017 em 20:25

    Poxa, você me resumiu aqui kkkk
    Eu fico trabalhando tanto, e depois fico pensando onde que deu errado.
    O problema é que eu não desisto, então não sei se é persistência ou teimosia…
    Beijos

  • Resposta Esther De Sa 30/04/2017 em 01:06

    Olá Ariel, tudo bem?
    Adorei o texto, me identifiquei bastante. Uma coisa que acontece bastante comigo é que as vezes as coisas não estão dando certo, mas tenho medo de desistir, e perder alguma coisa porque não me dediquei o suficiente. Acho que teimosia e persistência são uma linha bem tênue, pra mim, diferencia-las é muito complicado.
    Beijos!

    • Resposta Ariel Moraes 03/05/2017 em 13:38

      Oi, Esther!
      SIM, é exatamente isso que vem acontecendo comigo.
      Toda essa insegurança, todos esses “e se?”.
      Obrigada pelo seu comentário!

  • Resposta Amanda 30/04/2017 em 13:10

    É exatamente assim. Realmente acho que quando as coisas começam a dar muito errado é uma forma da vida dizer que o caminho não é esse, e insistir é ficar dando soco em ponta de faca. Persistir no sonho sempre, mas vários caminhos podem chegar ao mesmo destino, e ficar se machucando por caminhos de pedras desnecessários não compensa.

    Beijos! Adorei o post.

    • Resposta Ariel Moraes 03/05/2017 em 13:36

      Oi, Amanda!
      Obrigada pelo seu comentário!
      Há momentos em que eu também penso assim, mas ultimamente tenho ficado tão confusa.
      E se o fato de tá sendo difícil, for um teste para saber se você é realmente merecedor?
      Tá complicado, mas vai melhorar ♥

  • Resposta kurama13 30/04/2017 em 19:21

    É verdade. ‘~’ Não está nada fácil, existem outros caminhos, mas particularmente já tracei o meu. Embora eu tenha medo que dê tudo errado não vou desistir de ser feliz. Sempre vou tentar. Acredito que sou persistente quando estou no caminho certo e teimosa quando vou pelo errado.

    • Resposta Ariel Moraes 03/05/2017 em 13:02

      Olá! Acho que essa é a minha maior dificuldade, saber se o caminho que escolhi é o certo.
      Espero que você conquiste todos os seus objetivos, boa sorte na sua jornada!

  • Resposta Daniel Dornelas 01/05/2017 em 21:08

    Eu amo seus textos, simplesmente amo os temas que você escolhe escrever. Continue assim!

  • Resposta Jalysson Waldorf 03/05/2017 em 20:07

    Lindo texto. Muito reflexivo e intenso na parte em que te dá a oportunidade de rever coisas e fatos da própria vida.
    Parabéns.

  • Resposta Daiana Fant 03/05/2017 em 21:27

    Oie! Excelente texto, eu super me identifiquei sabe =\ tenho passado por uns momentos em minha vida que essa linha super tenue entre um e outro está me deixando louca! Não sei se sou persistente e com isso tenho uma boa característica ou se estou sendo tonta e teimosa, oq nao é bom e nem faz bem =( questões dificeis. Amei o post

  • Deixe um comentário