FOTOGRAFIA

Kodak e a sua importância para o crescimento da fotografia

Nesse artigo vamos continuar falando sobre George Eastman, e a importância que a sua empresa (Kodak) teve para o crescimento da fotografia. Caso você não tenha lido os últimos textos sobre a história da fotografia, recomendo a leitura dos artigos abaixo:

A fotografia e seus principais inventores – Parte I 

A fotografia e seus principais inventores – Parte II 

A fotografia e seus principais inventores – Parte III


NASCIMENTO DA KODAK

Eastman projetou uma câmera pequena e leve, com uma lente capaz de focalizar a partir de 2.5m de distância. Foi chamada de Câmera Kodak por causa do som que fazia ao disparar o obturador. Ao ser lançada comercialmente, em 1888, o sucesso da invenção tornou a fotografia mais popular e acessível para pessoas inexperientes.

O slogan era: Você aperta o botão, nós fazemos o resto.

E funcionava da seguinte forma: Terminado o rolo da câmera, que tinha capacidade de 100 fotos, o fotógrafo só precisava manda-la para o laboratório de George Eastman; que recebia o seu negativo e o revelava, depois entregava a fotos e a câmera com um novo rolo.

LINHA DO TEMPO DA KODAK

1880 – George Eastman começou a fabricar e vender a sua própria produção de câmeras.

1885 – Lançamento do “filme fotográfico”, um ano após a invenção do papel negativo.

1888 – A Câmera Kodak foi lançada no mercado, popularizando a fotografia.

1889 – George Eastman fundou a empresa Eastman Dry Plate Company (Companhia Eastman de Chapas Secas).

1892 – A empresa passa a se chamar Eastman Kodak Company, e ter sede em várias cidades do mundo.

1895 – Lançamento da primeira câmera de bolso, a Pocket Kodak.

1896 – Lançamento da FoldingPocket Kodak. Esta produzia um negativo de 2 1/4 por 3 1/4 polegadas (que foi o tamanho padrão por décadas).

1900 – Criação da famosa câmera Brownie, que custava cerca de um dólar.

1902 – Criação da Kodak Developing Machine, local onde as fotos podiam ser reveladas sem a necessidade de uma câmera escura.

1908 – A Kodak lança o primeiro filme extremamente seguro feito de base de acetado de celulose.

1917 – A empresa Kodak desenvolve a câmera fotográfica aérea.

1942 – Lançamento do filme Kodacolor para impressão, tornando-se o primeiro negativo colorido do mundo.

1946 – Lançamento do Kodak Ektachome, o primeiro filme em cores que podia ser manipulado pelos próprios fotógrafos.

1963 – Lançamento da linha de câmeras Kodak Instamatic, aumentando a popularidade dos modelos para amadores.

1992 – Desenvolvimento da câmera digital profissional DCS 200.

1993 – Lançamento da Cameo 35 mm, uma linha de câmeras compactas e elegantes.

1996 – Lançamento da Kodak DC20, a primeira câmera digital de bolso.

2004 – Lançamento da câmera Easyshare-One, que permitia exibir até 1.500 fotos e transmiti-las para impressão, gerenciamento ou visualização on-line através de recurso sem fio.

2006 – Lançamento câmera digital com zoom Kodak Easyshare V570, a primeira câmera digital estática com duas lentes.

2007 – Lançamento, na China, em parceria com a Motorola, de um celular com uma câmera Kodak acoplada ao aparelho.

2010 – Lançamento da Kodak Playsport, uma filmadora e máquina fotográfica compacta à prova d’água.

A GRANDE CRISE

Durante um século, a empresa foi referência absoluta na área da fotografia, dominando aproximadamente 85% do mercado americano, o mais importante do mundo. Até que em um belo dia essa influência foi quebrada com o aparecimento de uma nova tecnologia, a das câmeras digitais.

Em poucos anos, elas invadiram o mercado, deixando a Kodak numa situação frágil. Ironicamente, a Kodak foi a primeira empresa a desenvolver a tecnologia de fotografia digital, cerca de duas décadas antes de suas rivais. Mas para preservar seu modelo de negócios, baseado no rolo de filme, seus executivos preferiram a estratégia da negação do óbvio.

Percebido o erro, a empresa até tentou se adaptar aos novos tempos. Em apenas dois anos, conquistou a liderança do mercado de câmeras digitais nos Estados Unidos e a terceira posição do setor em todo o mundo. Isso, porém, não foi suficiente.

No ano de 2012, a empresa anunciou que seus faturamentos estavam negativos, e deixaria de fabricar câmeras digitais e filmes fotográficos. Assim, esta empresa que marcou tanto a história com sua revolução acabou falindo.

DIAS ATUAIS

Em uma tentativa de ressuscitar, depois de anos conturbados que terminaram com a empresa pedindo falência em 2012, a empresa está lançando um novo Smartphone. O Kodak Ektra possui uma câmera de 21 megapixels, fora hardware e software feitos para proporcionar uma excelente experiência fotográfica. Até o design lembra uma câmera. A marca continua, mas a empresa é completamente diferente da que existia e foi uma gigante.

As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Exame, Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas), New York Times e StartSe. TODAS AS IMAGENS FORAM RETIRADAS DO GOOGLE.

Espero que tenha gostado do artigo!

Me acompanhe nas redes sociais para não perder nenhuma novidade:

Facebook Twitter Instagram Pinterest Flickr SnapChat (diariodesereia)

♥ ♥ ♥

Postagem anterior Próximo Post

6 Comentários

  • Resposta Carlos Dutra 05/04/2017 em 11:48

    Texto muito interessante, vai ser particularmente útil pra quem for pesquisar sobre o assunto. Eu que não sou necessariamente ligado a essa área achei bom.

    • Resposta Ariel Moraes 07/04/2017 em 14:28

      Obrigada, Carlos!
      O intuito é realmente ajudar aos amantes e estudantes de fotografia que me acompanham pela internet.
      Beijão!

  • Resposta Melissa Kemmer 05/04/2017 em 15:44

    Interessante a história da Kodak, confesso que nunca havia pesquisado a respeito. Parabéns pelo post! 👏👏

  • Resposta saahfinoti22 10/04/2017 em 20:56

    Oi!
    Adorei o compilado de informações que você trouxe sobre a marca, realmente eles firam muito importantes para o crescimento da fotografia, que família que não teve uma Kodak daquelas de filme? rsrsr

    • Resposta Ariel Moraes 16/04/2017 em 13:04

      Oi, Sabrina!
      Obrigada pelo comentário!
      Aqui em casa tenho vários modelos dessas câmeras hehe
      Beijos

    Deixe um comentário